The Witch: A Bruxa – Precisamos reaprender a assistir filmes de terror

# Visualizar Produto Rating Preço
1 O livro do cinema O livro do cinema No ratings yet R$ 79,90 R$ 44,80
2 Mulan - Livro oficial do Filme Mulan - Livro oficial do Filme 147 Reviews R$ 44,90 R$ 25,00

Será que o filme A Bruxa é bom? Resumo: No fim do filme alguém grita do fundo do cinema “Quero meu dinheiro de volta”…

Qual o sentido do filme A bruxa?

Filme A Bruxa
Filme A Bruxa

Foi essa frase que me incentivou a fazer mais do que um review, mas levantar uma questão importante: nós esquecemos do que o terror se trata? Não esqueça de deixar sua nota para o filme abaixo!

Esse fim de semana fui convidado a assistir The Witch (A Bruxa, em português) do diretor iniciante em longas Roger Eggers, fiquei extremamente envolvido pelo clima que o filme criou, pelos diálogos (que mesmo com meu inglês precisei do auxílio das legendas) e pela atuação dos atores. 

Dessa forma tive o incentivo a dar as caras nas críticas e fazer mais do que um review, mas levantar uma questão importante: qual o filme de terror ideal?

The Witch Sinopse

Filme De Terror
Filme de terror

Banidos da plantação onde viviam depois de um julgamento, os puritanos William (Ralph Ineson) e Katherine (Kate Dickie), partem em direção ao interior inóspito da região levando seus filhos e poucos pertences.

O start começa entre as margens da floresta, porém como sempre não demora a dar sinais que existe algo estranho no local sombrio trabalhando, especialmente quando a filha mais velha, Thomasin (Anya Taylor-Joy) perde o bebê da família inexplicavelmente.

Mais Vendidos No. 1
A Bruxa: Mundo Sombrio
  • FITTZ, N S (Author)
Mais Vendidos No. 2
Mais Vendidos No. 3
A Bruxa [DVD]
  • formato de tela: Widescreen Anamórfico 1, 66 (16: 9)
  • Áudio: 5.1 Dolby Digital (Português, Inglês, Espanhol)
  • Legendas: Português, Inglês, Espanhol
  • Menus em Português
  • ano de produção: 2015
Desconto encontradoMais Vendidos No. 4
A bruxa não vai para a fogueira neste livro
  • Formato: Papel
  • Autor: Autor: Amanda Lovelace
  • Data da Publicação: 01/01/2022
  • Gênero: Poesia
  • Título: Bruxa não vai Para a Fogueira Neste Livro
Mais Vendidos No. 5
Mais Vendidos No. 6
Bruxa: Um feriado assombroso na floresta (Meus queridos monstrinhos Livro 2)
148 Reviews
Mais Vendidos No. 7
Guia da Bruxa Para Culinária Mágica e Ervas: Traga uma pitada de sabor e magia na sua vida
59 Reviews
Desconto encontradoMais Vendidos No. 8
Bruxa Intuitiva
  • Alden, Temperance (Author)
  • 240 Pages - 06/10/2022 (Publication Date) - Darkside (Publisher)
Desconto encontradoMais Vendidos No. 9
Bruxa Psíquica
  • Bruxa Psíquica
  • Mat Auryn (Author)
  • 280 Pages - 02/25/2021 (Publication Date) - Nova Sendas (Publisher)
Desconto encontradoMais Vendidos No. 10
Bruxa, bruxa venha à minha festa
740 Reviews
Bruxa, bruxa venha à minha festa
  • Druce, Arden (Author)
  • 36 Pages - 06/12/2002 (Publication Date) - Brinque-Book (Publisher)

E começa a ter outros sinais a seguir, nesse caso envolvendo os gêmeos Mercy (Ellie Grainger) e Jonas (Lucas Dawson), junto do seu filho do meio Caleb (Harvey Scrimshaw) determinado a ajudar seus pais durante sua provação.

The Witch Crítica

Produzido pela brasileira RT Features, o filme acompanha uma família de colonos ingleses se estabelecendo na Nova Inglaterra, nos EUA, no século XVII. Eggers, que já trabalhou anteriormente com teatro, cria um ambiente extremamente incrível em The Witch.

Uma fotografia escura, cenas que simplesmente não contam com nenhum apoio sonoro, uma casa fechada e iluminada apenas por velas nos deixa dentro de um ambiente extremamente claustrofóbico, que lembra muito a sensação que enfrentamos em “O Iluminado”, do mestre Stanley Kubrick.

A Bruxa
A Bruxa

Quando temos a presença de uma trilha sonora contamos com músicas cruas, que dão mais vida e terror para as cenas.

O filme tem uma puxada histórica muito forte como eles explicam nos créditos, o inglês utilizado é muito arcaico e torna a percepção do filme um pouco difícil em alguns momentos, mas é exatamente essa percepção que dá a magia para The Witch, explorando os limites entre o suspense psicológico e o terror puro.

Sem sombra de dúvidas, Egger está na minha lista de um novo promissor cineasta no gênero do terror, a combinação de elementos, cortes de cenas e a composição de atuação combinada com um ótimo figurino.

O filme não consegue ser criticado de forma isolada, somente um conjunto como uma ópera que toca em perfeita sintonia em todas as singularidades.

Nós devemos reaprender a assistir filmes de terror

Agora, infelizmente, não posso deixar de falar desse acontecimento tão triste, que enfrentei na época no cinema.  Um fato que me fez questionar sobre o que é definido, o terror dentro dos filmes hoje em dia.

Filme De Terror A Bruxa The Witch
Filme de terror A Bruxa: The Witch – Imagem crédito: Wikiwand

Será que ficamos tão acalorados pela fórmula simples da combinação “sem som, som agudo, imagem assustadora aparece, grito, fim” que esquecemos de prestigiar o verdadeiro terror psicológico?

Quando cheguei em casa fiz questão de procurar o que estavam comentando sobre o filme, e sempre me deparava com comentaristas que não possuem percepção da arte do cinema com “o terror não é terror”, “não é assustador”, “não tem graça”; ouvir (ler) esse tipo de coisa de quem deveria , em tese, ser crítico no assunto chega não somente a ser triste, mas também ruim.

# Visualizar Produto Rating Preço
1 Blood Nightmare Blood Nightmare No ratings yet R$ 210,96
2 The Death Card The Death Card No ratings yet R$ 188,77
3 Cine de Terror Cine de Terror 78 Reviews R$ 125,91
4 Ornamentos personalizados para decoração de jardim de gnomo de filme de terror – decorações de Halloween para festa de gramado em casa – artigos de festa Hallowmas para ambientes internos/externos Ornamentos personalizados para decoração de jardim de gnomo de filme de terror – decorações de... No ratings yet R$ 136,23

Será que nós esquecemos que a base do terror é o medo e que nem sempre, o medo está relacionado sobre levarmos sustos ou termos medo, de ir ao banheiro sozinhos?

Será que esquecemos do terror psicológico?

Daqueles construídos nas atmosferas de Hitchcock onde o medo explorado está em nossos poros e essência, na nossa alma e angústia, e não em sustos provocados por qualquer um com uma câmera na mão?

Não digo que os filmes ao estilo sustos não possuam qualidade apesar de eu achar isso, mas sim que antes de reclamarmos sobre alguma coisa devemos refletir como estamos nos sentindo após o filme.

Quando você é embalado por um ambiente de terror e a escuridão do filme te abraça, é nesse momento que o filme de terror se torna bom. E não quando sua namorada dá um gritinho no cinema sutil.

Deixe o seu Voto
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informações